JORNAL DE POESIAS - 30 ANOS DE CABEÇA DE RATO

GArganTA MAgalhães


Artista Sertaniense







28ª SEMANA ESTUDANTIL DE ARTES DE SERTÂNIA

Programação
Segunda-feira (dia 08)
9h - Jogos de Salão (Gamão e Dominó)
18h - Apresentação do Boi Estrela Solar
19h - Palestra: “Como Participar de Feiras e Eventos”
20h - Palestra sobre Turismo Criativo
20h - Mostra de Cinema Cine Clubinho
21h - Cine Clube do Verso

Terça-feira (dia 09)
9h - Oficinas de Percussão (Alto do Rio Branco)
9h - Oficinas de Dança (Vila da Cohab)
9h - Jogos de Salão (Xadrez e Damas)
18h - Cine Cultural – Wilson Freire
19h - Palestra – Relançamento do livro de Ariano Suassuna
20h - Palestra – Economia Criativa e Empreendedorismo
21h - G Farias e os Cantantes

Quarta-feira (dia 10)
8h – Oficina de Afroempreendedorismo
9h – Tênis de mesa e Vídeo game
9h - Oficinas de Percussão (Alto do Rio Branco)
9h - Oficinas de dança (13 de Maio)
9h - Oficinas de teatro (Vila da Cohab)
18h - Cine Cultural – Wilson Freire
18h - Final do Vídeo Game
19h – Oficina: Mercado de Trabalho e Engajamento Profissional
20h30 - Jessier Quirino
22h – Zambê

Quinta-feira (dia 11)
9h - Oficinas de teatro (Vila da Cohab)
9h – Vôlei de Areia
17h – Palestra: Três Ribeiras (Ésio Rafael, Aparecida Pinheiro e Edson)
18h - Cine Cultural – Wilson Freire
21h - Nuca Sarmento
22h - Chico Arruda
23h – Lucão

Sexta-feira (dia 12)
8h – Taça Pernambuco de Handebol
9h – Vôlei de Areia Final
9h - Oficinas de Teatro (Vila da Cohab)
18h - Cine Cultural – Wilson Freire
21h – A definir

Sábado (dia 13)
8h – Taça Pernambuco de Handebol
18h - Cine Cultural – Wilson Freire
19h - Entrega das Premiações
20h - Homenagem ao Grupo Disparada
21h - César Amaral e o Show Cantorias
22h30 - Rafael Moura

Domingo (dia 14)

08h – Taça Pernambuco de Handebol

103 Anos de Louro - 100 Anos de Zé Catôta


Mostra Fotográfica de Josimar Matos - Instituto Louro do Pajeú



Feliz Natal para Todos - GArganTA MAGAlhães


DEZEMBRO em CarnavaliZações - Por Jomard Muniz de Britto (ainda JMB)

Mesmo sem poder escapar de
celebrações, este MÊS nos
compromete com todos, todas.
Tão familiares e
sempre consumistas. Familionários
integrados ao PODER.
Tudo podendo ser presenteado.
Nada a ser renegado por M E D O.
Todas as estações do ano no MÊS?
Por isso deZembro é tão desejante.
Convergências e par/ti/da/ris/mos.
Quase ninguém pensando ABISMOS
do Ser e Nada,
do Regional ao Universo.
E poucos ou raros chegam a tremer
 com TEMERidades que desgovernam.
Nosso país nunca foi paradisíaco.
Desamparo entre a condição indígena
e a miséria dos desempregados
citadinos. Apesar do Sol e dos luares
de beleza.
PROPINA: que palavra mais cruel!
Sem direito às ex-clamações?
Ainda podemos relembrar o abuso
superlativo do PODER?
Centrais e periféricos.
 PROPINAS em vasto repertório.
A felicidade consumista nos conduz ao
BLOCO DO NADA: carnavalizações.
 Sem religiões salvacionistas.
Sem retóricas TRANSeducativas.
Esquecemos P. Freire e D. Ribeiro.
Gente pra brilhar. Não para cemitérios.
Do PAI PAI ao DEVASSOS NO PARAÍSO.
 Continuemos leitores de JSTREVISAN.
Até mesmo de outros brincantes,
escritores em transe, trânsito
e foliões traumas.

Recife, dezembro de 2017

CIA Teatral Primeiro Traço - 30 Anos Fazendo Arte no Sertão


 
Copyright ©2018 GArganTA MAGAlhães Todos os Direitos reservados | Designed by Robson Nascimento