ATÉ QUANDO VAMOS SER ILUDIDOS PELA FUNDARPE?


Mais uma vez o Movimento Teatral e Cultural de Sertânia estão decepcionados com mais uma atuação da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco(FUNDARPE) mostrando que não tem nenhum compromisso com Sertânia, e com a Paixão de Cristo a tradicional Paixão do Sertão,que no ano passado foi aprovado no II Edital das Paixões, pasmem um projeto de 10 mil reais, e não pagaram, apesar dos desvios de 51 milhões de reais, que todo mundo já sabe... Vai ficar nisso mesmo, e a cultura do nosso estado sendo assaltada por pessoas que não tem nenhuma sensibilidade cultural, apenas financeira. Até quando vamos ser iludidos pela FUNDARPE?

Olha que essa história da FUNDARPE aqui em Sertânia vem de longe, em 1997 foi preciso colocá-la na justiça para poder receber dois mil reais e agora o pior, as pessoas que participam da Paixão do Sertão estão com muito medo de esse ano não ter a apresentação do espetáculo, que é encenando desde 1999, sem interrupções, pois o Projeto foi aprovado na primeira etapa e depois foi desclassificado, não sabemos os critérios, só lamentamos pelos prejuízos e pelas pessoas que participam (estudantes, comunidades de risco, etc.). Realmente a FUNDARPE sabe como incentivar para acabar com as Paixões do interior. É uma pena que um governo de tantos acertos como o de Eduardo Campos, tenha um órgão com tantas irregularidades em nome da “cultura” de nosso Estado... Lamentável, mas pensaremos nisso nas próximas eleições.

Associação Teatral de  Sertânia (ATAS)

Comentários

 
Copyright ©2018 GArganTA MAGAlhães Todos os Direitos reservados | Designed by Robson Nascimento