IN MEMORIAN

ETERNAS SAUDADES - ADAMASTOR DA CELPE
JÁ ESTOU CURTO DA VISTA
MANQUEJANDO DE UMA PERNA
A VELHICE É QUEM ME GOVERNA
ME ARRASTANDO PELA PISTA
A MORTE É QUEM ME CONQUISTA
HORA,DIA,MÊS,E ANO
SEREI ESQUELETO HUMANO
NO FUNDO DA SEPULTURA
ESSA VIDA É MERDA PURA
NA LAMA DO DESENGANO. ( ADAMASTOR da Celpe)

Adamastor Alves dos Passos, nasceu no dia 06 de Novembro de 1922, na cidade de Custódia - PE. Mais conhecido na cidade de Sertânia, onde residia, como "Seu" Adamastor da CELPE, orgão no qual trabalhou. De numerosa família, era um senhor reservado e de uma paciência extraordinária. Mantinha em casa, um quarto que apenas ele tinha chave. Lá, era o lugar onde ele passava a maior parte do dia, junto às suas "invenções", ao seus inscritos (ainda inéditos, a maioria deles!)... Participou várias cantorias e encontros poéticos, como, por exemplo, na Bodega da Poesia, em Arcoverde. Faleceu na cidade do Recife, em 30 de Janeiro de 2011.

Eternas saudades de famíliares e amigos!

Homenagem do Cabeça de Rato e do Blog GArganTA MAGAlhães

Comentários

 
Copyright ©2018 GArganTA MAGAlhães Todos os Direitos reservados | Designed by Robson Nascimento