I CLISERTÃO CONVITE- DIVULGUEM NOSSA CULTURA

Cancão é um pássaro da caatinga. Preto e branco, de olhos bem vivos, sagazes. Dizem que é um grande observador, que nada lhe passa despercebido. João Batista de Siqueira, quando criança, era “irrequieto, traquina, boliçoso”, diz Ésio Rafael*, poeta, professor e pesquisador sertaniense radicado em Recife. Pelas semelhanças com o pássaro, João Batista virou um menino pássaro, um “Cancão” ainda na infância. Depois veio o poeta, quando descobriu a cantoria de viola, e sobretudo quando a abandonou em 1950 pra ficar só com a palavra escrita, silenciosa, rabiscada no papel e guardada posteriormente numa caixa de sapatos, como conta Ésio. O pássaro poeta notou que não havia nascido pra cantar, mas pra dar voo às palavras.
A poesia intrigante e complexa de Cancão é, segundo Ésio Rafael, “inexplicável até hoje”, a tal ponto que suscitou suspeitas de que era um médium, e que na verdade o espírito de um poeta erudito escrevia através de suas mãos. O delírio dos pesquisadores que um dia criaram essa teoria kardequiana a respeito da obra de Cancão não é tão mais fantasiosa e mágica quanto a própria realidade: um homem simples, agricultor, criado na roça, e que produz uma poesia altamente sofisticada. “Ele era um ser especial, cósmico, flutuava em vez de pisar no chão”, conta Ésio Rafael.
Deixou três livros: Musa Sertaneja, Flores do Pajeú, e Meu Lugarejo. Agora tem todos os livros e textos avulsos compilados pelas mãos de Lindoaldo Campos, também poeta e conterrâneo de Cancão.
Nascido em 12 de maio de 1912, se vivo, o poeta completaria cem anos amanhã. Em comemoração ao centenário, Cancão é o grande homenageado do I CLISERTÃO.
CONVITE PARA AULA-ESPETÁCULO:  

Aula-espetáculo “Serra do Teixeira e o nascimento do pássaro poeta – Celebração do Centenário do poeta Cancão”, com Ésio Rafael, o Prof. Edison Roberto, o poeta Marcos Passos e o músico Eduardo Abranttes. Às 20h30 no auditório da UPE.

Comentários

 
Copyright ©2018 GArganTA MAGAlhães Todos os Direitos reservados | Designed by Robson Nascimento