IN MEMORIAN

(Texto de Josessandro Batista de Andrade)


Doutor Bartolomeu Brasiliano de Melo, advogado, Secretário de Justiça, o vereador com maior número de mandatos da história de Sertânia,um dos homens i mais nteligentes e cultos de Sertânia, conhecedor de histórias de nossa terra e região há poucos reveladas e sobretudo poeta, autor de toadas boca de grota, de composições musicais e poemas diversos , até em verso livre, como este de 2008, que critica o processo de decadência de Sertãnia;Sertânia... Que foi alagoa de baixo

Sertânia canta um mote só:
já foi já teve, hoje não tem mais
já teve casa do menor, hoje não tem mais
já teve algodoeiras, hoje não tem mais
já teve festa de rua hoje não tem mais
já teve já teve cinema hoje não tem mais
já teve praças com coretos hoje não tem mais
já teve agencia do IPSEP hoje não tem mais
já teve já teve escritório da CELPE hoje não tem mais
já teve trem de ferro hoje não tem mais
já teve estação de trem de ferro hoje não tem mais
já teve palma forrageira hoje não tem mais
já foi o carro – chefe do Moxotó, hoje não é mais
já teve seus notáveis hoje não tem mais
já teve Juiz na Comarca hoje não tem mais
já teve cadeia na cidade hoje não tem mais
danou-se... Sertânia prá onde vai?
É tanta coisa que já teve
coisa que não tem mais
já teve... Teve... Uai
pois, não terá mais!
Está faltando honestidade
- a coisa que falta mais!
Triste sina, só prá baixo, só prá trás
de quem é a culpa,
do homem ou do tempo?
Do homem, sim
do tempo, jamais!
O tempo é o espaço e medida
que mede o que o homem faz
esse tema é muito ruim:
já teve, não tem mais...
... Já foi não é mais.
...Foi moço não é mais...
...está velho demais..
e o nome do homem:
tu me darás?

Bartolomeu, meu amigo, meu irmão. Eis minha homenagem...

Comentários

 
Copyright ©2018 GArganTA MAGAlhães Todos os Direitos reservados | Designed by Robson Nascimento